sábado, 16 de outubro de 2010

Coisas do Círio...

Domingo do Círio saí para assistir a passagem da Berlinda na casa de minha mãe.
Na Quatorze de Março quase, na São Jerônimo, entrei num templo da Igreja Universal da Graça de Deus, ou coisa que o valha, para ver o que rolava ali no dia do Círio.
Sentei, o pastor exortava suas ovelhas: "Felizes são vocês que não se deixam seduzir pelos idólatras, esses aí são como aqueles que não ouviram Moisés e construíram um bezerro de ouro para adorar....
Foi quando o senhor sentado ao meu lado me perguntou: será que a Santa já está chegando no largo?

5 comentários:

  1. Flávio,

    Apesar da força inegável do Círio, não dá para negar o crescimento das denominações evangélicas no Brasil.

    ResponderExcluir
  2. Mauro Davi Artur Bondi16 de outubro de 2010 21:20

    ".....................muito além do aspecto religioso."

    ResponderExcluir
  3. Caro Alencar,
    Reconheço o grande crescimento dos evangélicos no Brasil, mas isto aconteceu dia do Círio.
    É um fato.

    ResponderExcluir
  4. "Vai ver o tal "senhor" teve a mesma idéia que tiveste. Muito bom."

    ResponderExcluir
  5. Alencar,

    Como eu dizia, é um fato que mostra a fluidez dos limites entre os que se declaram adeptos desta ou daquela religião.
    É o costume do sincretismo.

    ResponderExcluir