terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Quando 6 não é 1/2 dúzia, ou acalmaí-vos PSDBistas e PTistas

Eu já estava desacelerando os comando de blogueiro, me preparando para uns 15 dias de contemplação da natureza do Marahú,


quando o tal sexto lugar do PIB brasileiro, levou a um imediato e galopante crescimento do nosso indice de BIB (Burrice Interna Bruta), resolvi sair do meu sossego e só por isso, prometo desagradar negros e arianos.
O anúncio fez levantar uma revoada de urubus


pra dizer que isso nao queria dizer nada, que nós nem chegávamos aos pés da Grã-Bretânia, o idiota do senador Cristóvão Buarque: Se em economia o Brasil é melhor do que a Inglaterra, então a economia não é um bom indicador de progresso".
Outros arengavam: de que vale tudo isso se falta esgoto, água encanada....
Gentem: o BR superou a economia, o PIB do Reino Unido, padrão de vida, qualidade de vida, são outra coisa.
O povo do PSDB se desespera, porque acha que isso tudo será creditado à Dilma.
Não tem jeito, vai mesmo, vejam só, com a campanha diária da Globo, semanal da Veja, comentaristas e articulistas anunciando a desmoralização do governos pelos escândalos, o Dilmão só empina, imagina com notícias como essas.
O PSDB tem que entender a crueldade dos deuses que controlam os destinos da política brasileira, ele já se beneficiou disto, agora o cipó de aroeira está dando a volta.
Não foi o PMDB que lutou para derrubar a ditadura, para reconquistar a democracia.


Os deuses deram ao PMDB o poder com Sarney, depois nunca mais. Ao herói das diretas, o Senhor Constituinte, Ulysses Guimarães, deram um túmulo anônimo no fundo do mar
Aí veio o PSDB, estabilizou a moeda, criou o regime de responsabilidade fiscal.
Mas quiseram novamente estes deuses brincalhões, sacanas, que a festa fosse do PT.
Esqueçam qualquer veleidade de voltar à presidência, se, como dizem os químicos, forem mantidas as CNTP (condições normais de temperatura e pressão) ou os economistas, se os demais fatores se mantiverem constantes (ceteris paribus).
No quadro atual alguém aposta que a Dilma perde a reeleiçao?
Se ela se desgastar, vem o "Meu Padim Padre Ciço Inácio da Silva", filho do Brasil.
Alguém acha que o cheirozinho do Aécio é parada para ele?
Agora, se os deuses, mais uma vez, resolverem malinar, como fizeram com o Tancredo.
Mas acalmaí-vos, amigos tucanos, as vezes o peso do bico impede melhor visão, o mesmo se aplica ao Pará, alguém de bom senso, acredita que o PT volta ao governo depois de sua perigosa administraçao?
Vai ter que comer muita maniçoba. (O mesmo pode se aplicar à MG e ainda a SP).
Para não perder a viagem, já que ontem falou-se da excelência do sistema educacional inglês, da infra-estrutura de suas cidades, dos transportes....
Será que estes britanófilos sabem quem bancou esta infra-estrutura? Se ela foi resultado da remuneração dos investimentos locais auto-sustentáveis, que foram assim se reproduzindo e se multiplicando e se espalharam por todos os rincões da ilha.
Lógico que não, grande parte de tudo aquilo que se vê, foi financiado com a exploração colonial, neocolonial, imperialista e depois com os ganhos do capital financeiro.
Todos nós, no mundo inteiro, pagamos por um pouco daquelas maravilhas: os lucros da Parah Eletric, Port of Parah, Amazon River, só alguns exemplos.
Quem quiser se aprofundar, um caso mais grave, considerado o primeiro caso de biopirataria do mundo leia "O Ladrão no Fim do Mundo" que conta como o inglês Henry Wickman roubou 70.000 sementes de seringueira, saindo de Santarém e passando pelo porto de Belém, e acabou com o monopólio do Brasil sobre a borracha.


Conversando com um professor da Universidade Livre de Bruxelas sobre a crise na União Européia e os problemas do Reino Unido em relação ao Euro, ele brincava:
- O problema dos britânicos, é que eles não conseguem comprar nada sem antes olhar pra cara da mamãe, pra ver se ela aprova, como iriam fazer isso se o Reino Unido aderisse ao Euro e não vissem mais a cara da rainha?
Eu comentei: É por isso que dizem que as teorias do Freud são profundamente Vitorianas.


Realmente, como pode ser maravilhoso este sistema educacional, que leva o Cristovam Buarque ao êxtase, se os britânicos se orgulham de sustentar, pagando impostos, uma das famílias mais ricas do mundo.
P.S.1: O que os aborrecidos não responderam foi: em qual posição no ranking do PIB é melhor para combater os déficit de infra-estrutura, educação, saúde de que o Br, ainda é campeão?
P.S.2: O que tanto os saltitantes PTistas como os emburrados PSDBistas não se manifestaram,sobre o que é verdadeiramente preocupante, estamos seguindo pelo mesmo caminho que os países do Norte, agora em crise, seguiram. É só uma questão de matemática, não há planeta para suportar este padrão de consumo definido como "civilizado".

2 comentários:

  1. Luiz Guilherme Martins27 de dezembro de 2011 23:29

    Flávio, estás absolutamente correto, principalmente por ser este padrão de consumo baseado em crédito bancário.

    ResponderExcluir
  2. É incrível esse essa praga que rogaram na gente do Brasil, complexo de inferioridade!
    Acho que tudo começou com a maldição lançada pelo Raymundo Faoro, em os donos do poder!

    ResponderExcluir