sábado, 16 de julho de 2011

Improbidade em Marabá ou eu apoio a divisão

A matéria saiu no Blog do Bemerguy.
Não tem jeito, se não mudarem as regras da política brasileira, a organização partidaria e a coisa pública continuar nas mãos desta gente, com estado novo ou velho o povo vai continuar sendo roubado.
Vamos fazer um desafio só de mentirinha, Giovanni Queiroz, Lira Maia, Zequinha Marinho, Maurino Magalhães, etc caterva, desistem de se candidatar a qualquer cargo nos possíveis novos estados, vão ao cartório registram documento e fazem campanha só pelo amor aos pobres, aqueles desassistidos pelo Estado.
Depois eles poderiam romper as juras, rasgar os documentos, se candidatar, mas ficaria claro (para os ingênuos, é claro) quem eles são.

Um comentário:

  1. adorei a sugestão, que tal usar isto na campanha anti-divisão?

    ResponderExcluir